Naruto New Rpg

Conectar-se

Esqueci minha senha



Últimos assuntos

» Ficha de Florence Welch
por IndieGente Qua 23 Dez 2015, 11:31

» alguem Vivo??
por IndieGente Qua 12 Nov 2014, 16:30

» ???
por Cimimaru Qui 28 Ago 2014, 10:57

» Catálogo de Poderes
por Coveiro Dom 03 Ago 2014, 17:57

» Regra de Status
por Coveiro Ter 22 Jul 2014, 20:55

» Regra de Pontos de Débito
por Coveiro Ter 22 Jul 2014, 20:32

» Catálogo de Habilidades
por Coveiro Ter 22 Jul 2014, 20:02

» Catálogo de Raças
por Shadow Ter 22 Jul 2014, 19:03

» Testando denovo
por Brunna Seg 21 Jul 2014, 14:17

» Sayōnara - サヨナラ
por Oly Seg 21 Jul 2014, 00:44

Os membros mais ativos da semana

Convidado
Parceiros
Shinobi History

Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

1 A tale about the past [Aventura - Bell] em Dom 13 Jul 2014, 02:41

avatar

Bell


Membro Akatsuki

Registro Ninja
HP HP:
3500/3500  (3500/3500)
Chakra Chakra:
3650/3650  (3650/3650)
Stamina Stamina:
1350/1350  (1350/1350)
Chapter 1 - Soul temple

F azia tempo que eu não visitava o templo Shaolim, e eu nunca esperaria que fosse uma visita para um assunto tão inquietante como esse, não sabe ainda que assunto é? É claro que não, isso é porque eu ainda não contei, digamos que é desagradável para mim voltar a ele em tais condições, mas se animem, vocês finalmente irão descobrir um pouco sobre a minhas missões não-autorizadas e farão uma busca completa em meu passado graças a tal visita.
Eu já estava andando a horas, o sol em minha cabeça me deixava tonto e com a visão completamente turva, talvez não tive-se sido uma boa ideia vestir o meu manto negro no meio da viagem, a cor escura chama-va o sol como um cachorrinho corria para ver seu dono desaparecido, não demorou muito para eu cair ali no chão da floresta no meio do Pais do Rio, sem forças ou energia, com a queda minha bandana riscada da vila da folha que se localizava em minha testa caiu no chão ao meu lado e eu já inconsciente quis soltar uma lagrima.
 Não sei ao certo quanto tempo passou, provavelmente alguns dias mas isso não era nada estranho devido ao clima cujo o qual eu não estava acostumado, aparentemente o pais do Rio mudava de clima constantemente podendo variar do frio congelante ao calor insuportável, o fato estranho é que acordei no meu destino, dentro dele pra ser exato, em um fuuton sem meu manto apenas com uma calça de seda e roupa de baixo, em minha testa repousava um pano umedecido com uma água quente localizada em um balde próximo ao fuuton, não havia ninguem na sala, não achei minhas roupas e nem minha bandana e o mais importante, eu não estava achando meu dinheiro. Saltei imediatamente do fuuton assim que não encontrei meu dinheiro, eram anos de salários ali guardados especialmente para situações como, ser um nukenin fugitivo, ficar desempregado ou a que eu estava vivendo agora, membro de uma organização de um lider mais pobre que um Hippie, eu estava tão agitado que não percebi o som de varias pessoas agonizando, vindo de uma outra sala bem ao lado, e então de repente como um flash minha mente foi começando a clarear e eu me lembrar do local, eu estava apenas no corredor para a enfermaria, mas porque tanto descaso? Eu certamente não era bem vindo, mas não virar as costas as pessoas era uma das leis daquele povo, então abri a porta da enfermaria, indignado e então vi uma cena horrorizante, a enfermaria estava lotada de fuuton's e pessoas agonizando, todos como eu estava porém não havia nem muito espaço para passar e por um momento eu quase chorei, eu conhecia quase todos ali, pelo menos os que eram mais velhos, e então eu vi um homem cujo a barba era branca como a neve e se estendia por quase todo o seu corpo ele era o atual Buda do lugar, o mestre Aemon II.
Eu não corri em sua direção, não o abracei e também não chorei, meu coração era pura pedra, eu queria vingança, então fechei lentamente a porta e me virei e senti meu coração pegando fogo em uma ânsia pela verdade porém todo aquele sentimento ruim sumiu quando eu a vi, a filha mais velha de Aemon II segurando uma bandeja com medicamentos, ela estava paralisada e horrorizada em me ver ali suas mãos tremendo, quase deixando a bandeja cair no chão e então olhei parar seus olhos castanhos um pouco puxados para o vermelho, seu cabelo castanho claro e grade caído em seus ombros e se esgueirando até o fim de suas costas, ela vestia seu tradicional kimono vermelho com estampas floridas, eu sabia de todos esses detalhes só de bater o olho em seu corpo, mas o que removeu todos os meus sentimentos foi observar o medo em seus olhos com a iris tremula, levantei calmamente o braço esquerdo com a mão levantada em uma palma enquanto tentava dialogar com a jovem de 25 anos. - Fique calma, bem calma. - Ela não falou nada, talvez utilizar a frase de um assaltante maniaco e ameaçador não era lá uma coisa muito inteligente a se fazer para acalmar alguém - O-o... Qu-que ve-io fa-fazer aqui? - Disse ela em meio a gaguejo e soluços - Eu vim ajudar, só... ajudar. - Após dizer tais palavras vi a bandeja cair, mas a mulher já não tremia ou era movida por medo, ela sentia raiva e por meio dessa raiva ela tentou golpear minha bochecha esquerda com um tapa mas para minha sorte ou azar ela foi impedida por um homem que apareceu de repente como se surgi-se do nada, ou talvez eu estivesse muito preocupado para perceber a sua chegada, ele era alto um pouco mais alto que eu e bem mais alto que ela possuía também um porte físico avantajado e um cabelo loiro longo que se estendia até o começo das suas costas, era escorrido e parecia estar sempre lambuzado de produtos para dar brilho, sério aquele brilho não podia ser natural. - Mary, já chega. - Disse o homem para a jovem, que por sua vez o olhou e encarou, o rosto semi-quadrado do homem suas feições robustas, seu cabelo loiro que parecia dourado estando envolto ao sol que adentrava pelas paredes feitas de papel e pela janela localizadas entre o inicio do teto e a parede e seus olhos azuis que me encarava com um olhar... de desgosto?
Franzi imediatamente o cenho e arqueei as sobrancelhas, eu estava furioso novamente enquanto que Mary estava aliviada por ele estar ali, ela se recolheu no peito dele e o abraçou com a mão esquerda enquanto afundava o rosto no peitoral do homem perto do inicio de sua gola V - Oh... Si. Com tudo isso acontecendo e ele ainda aqui eu acabei perdendo o controle... me desculpe. - Disse Mary a Simon, o homem loiro cujo o qual ela se aconchegava. - Quem diria... um dia eu seria salvo por você, alias isso é muito pior que levar um tapa, acho que alguém socou meu ego. - Ironizei tudo que acontecia ali, eu tinha o pequeno problema de falar asneiras, piadas ou ironias quando estava desconfortável, nervoso, preocupado ou qualquer outro sentimento que eu não gosta-se de sentir... OK talvez eu tive-se um grande problema com isso, provavelmente já tinha virado um costume - Engraçado como sempre, o que faz aqui? - Perguntou Simon sem o menor prazer - HÃ?! Eu é que pergunto, isso é um ULTRAJE! Eu estava lá fora tranquilamente andando para... - Fiz uma pequena pausa, eu realmente estava vindo para cá mas não precisava deixar o senhor perfeito ganhar essa - A casa da vovó, e então desmaiei do nada, provavelmente levei uma pancada na cabeça de algum imbecil comandado por você e ai acordei aqui, o que é isso? Agora que já se mostrou de Lobo Mal quer se fingir de vovó ? - Perguntei, quase fazendo um escanda-lo enquanto o homem olhava para mim com aquela velha face que eu conhecia bem, desinteresse Mas antes que ele pude-se retrucar a porta se abriu e dela saiu correndo um pequeno toco de pessoa, era uma garotinha de 12 anos que correu e abraçou as minhas pernas, ela não era maior que a minha cintura porém era forte o suficiente para dar um mini-abraço de urso - Emma? O que faz aqui? - Perguntou Mary surpresa em ver sua irmã caçula no local - Eu... Achei o Bell-chan caído lá fora não muito longe daqui ele estava machucado... Eu precisava salvar o Bell-chan então o trouxe para cá e cuidei dele em segredo. - Disse a garotinha, assim que a ouvi coloquei minha mão direita em cima de sua cabeça e dei leves batidas enquanto sorria eu tinha achado a minha salvadora, mas ela não podia ouvir a conversa de adulto que eu queria ter com os dois que estavam ali, então me afastei dela e me abaixei e olhei para os mesmos olhos castanhos de Mary porém um pouco menores, sorri de orelha a orelha - Então, você é a minha salvadora? - Ela fez que sim com a cabeça, Emma parecia querer desabar em lagrimas mas ela era muito forte para fazer isso - Mas eu ouvi o Bell-chan gritando com o Si-nee, por favor não brigue com ele novamente... - Arregalei os olhos quando ela falou aquilo, eu não tinha  me esquecido de todas as brigas que tive com o Simon, mas a ultima eu esqueci, talvez porque tenha sido a pior, talvez eu devesse contar tudo do inicio? Preparem-se para ouvir como o antigo eu chegou aqui primeiro.


Bell'
HP: 2000/2000
CK: 4500 /4500
ST: 2450/2450

Considerações:

• Velocidade: Rápida (15 m/s).
• Bellamy tem pele "branca" e possui um cabelo espesso e escuro, a maior parte do tempo seu cabelo esta desarrumado e parece que esta molhado, apesar de que é apenas uma ilusão criada pelo brilho e reflexo. Seus olhos são aparentemente negros, porém se olhar de perto pode se ver que na verdade são castanho escuro embora isso não faça diferença alguma. Bell é aparentemente forte fisicamente, possui seu peitoral malhado, porém o resto do corpo é comum.
Suas roupas tradicionalmente são uma blusa azul-cobalto, um sobretudo da akatsuki preto e um cinto grande em sua cintura onde ele guarda suas coisas, em suas costas esta sua Kumo no Ken.


Utilitarios:
Kumo no Ken:


Kumo no Ken
Rank: A
Estas espadas são carregadas por dois membros da vila da Nuvem, não se sabe o nome, por isso recebe o apelido de Kumo no Ken(Espada da Nuvem). Essa espadaé quase tão comprida quanto a Samehada(Pele de tubarão) de Kisame Hoshigaki ou a Zambatou(Fatiadora de cavalos) de Zabuza Momochi,mas não são tão grossas. Os ninjas que a usam(Omoi e sua parceira) demonstram ter exímia habilidade com elas sendo que na luta em que a usaram, uma parte foi lutada usando as espadas embainhadas, e mesmo assim desferindo danos.
Requisitos de uso: Jounin ou acima .
Pontos Extras: 200 stamina|100 chakra
Habilidade : Kenjutsus usando as duas espadas ou apenas uma sobem 1 rank (exceto kenjutsus rank SS) .
Armas Basicas:
15 Kunais
15 Shurikens
5 Fuuma Shurikens
20 Senbons
671 Kibaku Fuda
1 Bomba de Fumaça
1 Bomba de Luz
10 Makibishis
10 metros de Fios de Aço
1 Pergaminho



Última edição por Bell em Dom 13 Jul 2014, 02:58, editado 1 vez(es)



Beati Bellicosi
Ver perfil do usuário
avatar

Bell


Membro Akatsuki

Registro Ninja
HP HP:
3500/3500  (3500/3500)
Chakra Chakra:
3650/3650  (3650/3650)
Stamina Stamina:
1350/1350  (1350/1350)
Chapter 2 - A look into the past

A algum tempo atrás quando eu completei 18 anos, logo após a recente morte de Tommy eu fui enviado a uma missão não-autorizada pelo Kage porém essencial para o andamento das "burocracias" de Konoha aos olhos do líder da Anbu Ne, a missão era simples, me infiltrar no templo Shaolim como um recém chegado e roubar os mapa mundial, afinal não era segredo que todo monge era bem vindo em todos os lugares e muitos deles eram cartógrafos, a possibilidade de existir mapas para todas as vilas, entradas secretas e até mesmo lugares desconhecidos por todos os não praticantes da arte de buda dava água na boca nos membros da Anbu Ne, uma missão tão perigosa que poderia facilmente levar a morte só podia ter sido aceita por mim um recém chegado com boas recomendações e uma vontade enorme de morrer em batalha, e foi o que aconteceu, não entendeu? Deixe-me te explicar, assim que cheguei no templo houve uma queima de arquivos em Konoha, o Hokage matou o antigo líder da Anbu Ne e outros dez velhos conselheiros antes de se matar muitas pessoas simplesmente se perguntam se ele enlouqueceu mas na carta que me mandaram escrita pelo próprio conselheiro que liderava atualmente a vila continha informações simples e direta " A clave suprema votou por uma queima de arquivo, todos os profundamente envolvidos como você foram mortos, você foi morto no caminho da missão, nunca retorne a vila enquanto a clave superior existir ou eles te matarão. Até nunca X. " E então lá estava eu, um adolescente em frente a entrada de um templo com ordens especificas para nunca retornar a vila, sem casa ou um lugar para ficar eu adentrei no templo como um visitante, contei minha historia para o homem que eles chamavam de Buda atualmente, Aemon II, em toda a sua bondade e compaixão foi-me permitido viver entre eles para sempre, lá eu conheci Emma,Tulipa, Mary e Simon todos com 6,15,17 e 18 respectivamente. Emma sempre foi uma garotinha alegre que primeiramente teve medo de mim mas após um ano me aceitou e me deu o carinhoso apelido "Bell-chan", Tulipa era a filha do meio de Aemon II estava começando a se aflorar contra o pai e contra todos, estava na idade de questionamento e como ela não tinha muito do que reclamar ou duvidar ela escolheu a simples pergunta "Porque obedecer as ordens de um gordinho que já morreu, quando posso ser livre?", gostou de mim desde o começo talvez porque eu a ensinei a controlar seu elemento natural e algumas coisas básicas sobre o Ninshuu (Um fato interessante é que os monges não utilizavam o seu chakra para ninjutsus apenas para técnicas corporeas), Simon não é filho de Aemon II mas foi deixado as portas do templo quando recém-nascido, desde pequeno criou um vinculo muito forte com Aemon e pegou as suas duas ultimas filhas no colo, cuidou delas como se fossem irmãs e provavelmente eram já que Mary foi prometida a Simon como ele a ela quando completaram 12 anos, seu ódio natural por um novo rapaz no templo que poderia ameaçar tudo aquilo em que ele acreditava foi cultivado desde cedo embora ele tenta-se esconder com falsos sorrisos mal-feitos, Mary sempre foi linda e graciosa em cada movimento, podia chutar a sua bunda em uma luta com a mesma graciosidade de uma bailarina em uma apresentação, afeiçoada a todos ali dentro procurou gostar de mim embora nossa relação de amor e ódio acabou vencendo sua força de vontade, Aemon II já era bem velho quando o conheci, me recebeu de braços abertos e ouvidos fechados ignorando o que todos diziam sobre um usuário de ninjutsu, eu nunca vi Aemon II sentir uma emoção ruim eu nunca o vi deixar o seu sorriso sair do rosto, nem mesmo quando Tulipa morreu, ah sim Tulipa morreu cinco anos após a minha chegada no templo e como vocês já devem ter percebido foi culpa minha, como? É uma historia interessante, porém infelizmente terei que conta-la de forma breve.
Cinco anos se passaram desde que eu cheguei no templo, eu já havia me envolvido emocionalmente com todos ali e o único que ainda não gostava de mim era Simon, talvez porque eu acabei criando um laço muito forte com Mary, a ponto de competir por seu amor, até chegarmos a tal impasse muitas brigas ocorreram entre Simon e eu, a maioria delas por um ciúme bobo de Simon, o ciúme dele foi o principal culpado pelo amor de Mary que cresceu por mim, mas a gota d`agua ocorreu quando Aemon II resolveu que nosso impasse terminaria com uma luta amigável pela mão de Mary que até então permaneceu indecisa sobre a sua escolha, Simon passou os próximos dois meses se preparando para a luta, treinava todos os dias seu corpo já havia se tornado como aço enquanto eu permanecia conversando e falando com Mary sem mover um dedo para um treinamento, eu queria conquistar Mary sem utilizar a força e é claro que o fato de eu pensar que já tinha vencido a luta ajudou muito o meu não-treinamento, dois dias antes da luta final entre Simon e eu nós acabamos nos desentendendo o que levou a nossa quinquagésima briga (talvez mais), porém ao invés de ganhar Simon como sempre fiz perdi humilhantemente e vi então o resultado de puro treino contra um talento inacabado, ele era mais forte e mais rápido que eu, nem mesmo minhas asas de papel foram capaz de seguir tal velocidade, entrei em desespero enquanto escutava a risada de Simon, meu temperamento fraco e minha falta de iluminação já chamavam a atenção de Orochi a muito tempo, agora você deve estar se perguntando quem é Orochi, Orochi nada mais é do que o substituto de Aemon II, em caso de uma chacina a família de Aemon ou caso nenhuma de suas filhas atinja o titulo de Buda após a morte de seu pai, ele é o sucessor de direito do templo, ganhou o titulo de Buda na época em que ele era conquistado através da força e seus métodos chamaram a atenção, possuía uma legião de seguidores que eram considerados os mais fracos de todo o templo dentre eles estava Sebastian um garoto da mesma idade que Simon e eu porém com fraqueza muscular inexplicável, seu sonho de lutar foi esmagada por uma doença rara, ninguém sabe ao certo porque Orochi acolhia os mais fracos fisicamente mas apreciavam essa característica nele, e isso foi o que o manteve como substituto por tanto tempo mesmo com ele frequentemente tentando corromper as filhas de Aemon II, Simon e até mesmo a mim.
No dia em que perdi a batalha contra Simon eu perdi a cabeça e fui me aconselhar com Orochi, eu precisava saber mais sobre seus método, eu tinha que vencer aquela luta. Então Orochi me contou uma historia, no porão  do templo existia uma pedra magica com o Kanji de demônio gravado nele e disse como um anjo caído teve seu espirito aprisionado dentro da pedra, inicialmente não levei a historia a sério, budistas normalmente não acreditavam em um Deus criador, mas é provável que Orochi possua duas religiões e encare um espirito feito de chakra condensado como um "anjo caído" e eu desci até o porão para tirar a prova e como ele disse lá estava a pedra mas ele não tinha contado toda a historia "Ponha a mão que você comanda sobre a pedra, e faça um desejo se seu coração for puro, ele irá se realizar" ele dissera, mas quando eu puis a mão na pedra uma áurea negra tomou conta de mim, eu não sabia o que era exatamente na época mas eu podia me sentir mais forte ao mesmo tempo em que emoções negativas como raiva e ódio cresciam, assustado com tanto poder e ao mesmo tempo maravilhado fugi do templo e só voltei no dia da competição, todos estavam reunidos do lado de fora, Simon estava dentro do grande retângulo rodeado de pessoas me esperando, foi quando eles sentiram uma áurea escura e negra se aproximando rápido e envolvendo todo o templo, para a surpresa de todos ali exceto para a de Orochi e seus seguidores essa áurea negra era eu subindo os degraus da entrada do templo, com minhas sobrancelhas curvadas e os olhos vermelhos de fúria, todos estavam horrorizados mas eu não lhes dei atenção, só parei de andar quando entrei dentro do retângulo - Hun? Esta com medo agora? VAMOS, VENHA ME HUMILHE COMO DAQUELA VEZ, SIMON HEARTBRINGUER ! - Gritei, em fúria e com uma dupla voz a minha e uma outra negra e rouca, meu chakra começou a sair de forma negra e logo eu estava completamente envolto a escuridão, Simon não disse uma palavra mas acreditou em seu trabalho duro e veio para cima de mim com o sétimo portão aberto, algo impressionante aconteceu, Simon me subjugou rapidamente seus socos e chutes poderosos estavam fazendo efeito enquanto eu simplesmente não conseguia acerta-lo porém seu corpo ainda não estava preparado para tal poder e logo ele sentiu dores em seu corpo obrigando-o a reduzir para o sexto portão onde a diferença de poder entre mim e ele eram enormes, o pobre coitado sofreu por exatos dez minutos, quando já tinha fraturado três costelas, quebrado ambas as pernas, destroncado um braço e com o rosto todo cortado literalmente a beira da morte, Tulipa entrou no retângulo e me enfrentou, ela não era nem de longe tão forte quanto eu, ou qualquer outro ali exceto por Emma talvez, mas ela foi a unica que possui coragem, coragem para não ficar perplexa com a cena, se levantar e vir me enfrentar, ela não durou mais que cinco minutos quando eu literalmente perfurei seu coração e o arranquei fora com as minhas próprias mãos, o som do seu corpo batendo no concreto e a visão de Tulipa caindo como as petalas da flores que a nomeiam fez o tempo parar pra mim, eu vi a poeira se levantar lentamente, eu vi o sorriso no rosto de Orochi e Sebastian e vi a primeira gota de água brotar nos olhos de milhões, as coisas que vi me traumatizaram talvez até mais que a morte de Oliva e de Tommy, cai de joelhos, gritando enquanto punha as minhas duas mãos na minha cabeça enquanto a minha áurea negra constante começava a sair e entrar debaixo da terra, assim que não restou áurea negra eu cai no chão inconsciente enquanto observava Orochi e Sebastian assustados sairem correndo do templo. Acordei cinco dias depois em um fuuton na sala de Aemon II, lembrando perfeitamente de tudo que aconteceu fui recebido novamente ao mundo dos vivos por Aemon II que desde aquele dia nunca mais olhou diretamente para mim, ele me informou que Orochi e Sebastian não foram vistos desde aquele dia, que Simon ainda estava em coma na enfermaria, que Mary estava ao seu lado, que Emma estava chorando em seu quarto mas não disse uma palavra sobre Tulipa, não tardou muito para que ele encerra-se a conversa com um simples - Você esta banido do templo, por favor deixe esse lugar e nunca mais retorne - E esta era a segunda vez em que eu fui banido de meu lar, ninguém se despediu de mim e então voltei para a minha vila natal.


Bell'
HP: 2000/2000
CK: 4500 /4500
ST: 2450/2450

Considerações:

• Velocidade: Rápida (15 m/s).
• Bellamy tem pele "branca" e possui um cabelo espesso e escuro, a maior parte do tempo seu cabelo esta desarrumado e parece que esta molhado, apesar de que é apenas uma ilusão criada pelo brilho e reflexo. Seus olhos são aparentemente negros, porém se olhar de perto pode se ver que na verdade são castanho escuro embora isso não faça diferença alguma. Bell é aparentemente forte fisicamente, possui seu peitoral malhado, porém o resto do corpo é comum.
Suas roupas tradicionalmente são uma blusa azul-cobalto, um sobretudo da akatsuki preto e um cinto grande em sua cintura onde ele guarda suas coisas, em suas costas esta sua Kumo no Ken.


Utilitarios:
Kumo no Ken:


Kumo no Ken
Rank: A
Estas espadas são carregadas por dois membros da vila da Nuvem, não se sabe o nome, por isso recebe o apelido de Kumo no Ken(Espada da Nuvem). Essa espadaé quase tão comprida quanto a Samehada(Pele de tubarão) de Kisame Hoshigaki ou a Zambatou(Fatiadora de cavalos) de Zabuza Momochi,mas não são tão grossas. Os ninjas que a usam(Omoi e sua parceira) demonstram ter exímia habilidade com elas sendo que na luta em que a usaram, uma parte foi lutada usando as espadas embainhadas, e mesmo assim desferindo danos.
Requisitos de uso: Jounin ou acima .
Pontos Extras: 200 stamina|100 chakra
Habilidade : Kenjutsus usando as duas espadas ou apenas uma sobem 1 rank (exceto kenjutsus rank SS) .
Armas Basicas:
15 Kunais
15 Shurikens
5 Fuuma Shurikens
20 Senbons
671 Kibaku Fuda
1 Bomba de Fumaça
1 Bomba de Luz
10 Makibishis
10 metros de Fios de Aço
1 Pergaminho



Beati Bellicosi
Ver perfil do usuário
avatar

Bell


Membro Akatsuki

Registro Ninja
HP HP:
3500/3500  (3500/3500)
Chakra Chakra:
3650/3650  (3650/3650)
Stamina Stamina:
1350/1350  (1350/1350)
Chapter 3 - Who is the villain?

A pós uma rápida olhada no passado, voltemos ao presente onde me encontro escorado na parede de braços cruzados, já vestido com meu manto negro característico e uma bandana riscada no meio que cobria a minha testa, em minha frente estava uma pequena mesa com papéis e atrás dela uma cadeira confortável onde se sentava Simon, Mary estava ao seu lado em pé com sua mão esquerda no ombro direito de Simon enquanto ambos me encarava e me estudavam, não fazia muito tempo desde que eles não me viam, apenas dois anos se passaram desde a tragedia e eles não tinham mudado muito a aparência desde a ultima vez que o vi, exceto pelo Simon que estava menos surrado. - Então, porque não pulamos o sentimentalismo e vamos direto ao "que merda esta acontecendo aqui?" - perguntei sem delongas, Mary olhou para a mesa enquanto Simon respondia - É o Orochi, ele voltou e diz ter achado novamente  a criatura que te dominou, mais conhecida agora por nós como Reibi. - Respondeu brevemente, sem responder na verdade - Ta, mas o que diabos isso tem a ver com todos doentes? - Perguntei, enquanto deixava minhas pálpebras caírem um pouco eu estava desinteressado, realmente não me importava muito com Orochi e com seus assuntos -  Aparentemente ele descobriu um meio de separar o espirito da Reibi e colocar um pouco em cada um deles, o que você esta vendo ali são os monges lutando por sua sanidade. - A ênfase que Simon deu em lutando me deixou furioso por dentro, embora eu não demonstre isso por fora ele claramente tentou me lembrar do porque eu não era bem vindo ali, porque eu não lutei por minha sanidade, porque eu matei Tulipa... - Então? Como se para essa "transição" ? - falei, novamente sem ser irônico, eu estava quase batendo o meu record. - Existem dois modos, um é que eles sucumbam ao mal. - Simon me respondeu - E a outra? - Perguntei, Simon já estava enrolando de mais pro meu gosto. - A outra é irmos até Orochi, vencê-lo e selar a Reibe na pedra outra vez. - Para minha surpresa e para a de Simon, quem respondeu dessa vez foi Mary com o temor claro em sua voz, a resposta fez Simon colocar sua mão em cima da dela que se encontrava em seu ombro - Embora saibamos onde esta Orochi e como fazer o processo, não temos força para derrota-lo e selar o Reibi. - Disse Simon e pela primeira vez percebi que nem todas as suas emoções morreram, ele temia por Mary e ao mesmo tempo estava confuso, sem saber o que fazer - E então? - Perguntei para a surpresa de todos ali presentes - E então o que? - Perguntou Simon, ainda perplexo - Qual é o problema? Porque não tem uma duzia de monges lá chutando o rabo de Orochi? - Falei fitando agora a pequena samambaia que estava do lado de fora da janela e fazia uma pequena sombra no lado de dentro - Esta fazendo pouco caso de nossa dor? Você nunca deveria ter voltado aqui, se retire IMEDIATAMENTE. - Falou Simon, batendo a mão com força na mesa e se levantando de sua cadeira, não mexi um músculo e fiquei calado enquanto o mesmo me olhava com raiva e Mary assustada com as mãos cobrindo sua boca - Hnm? Você não manda em mim, o único que pode me dar ordens enquanto estou aqui dentro é o velho, então se acalme. - Minhas palavras fizeram Simon se sentar novamente - Porque vocês simplesmente não me dão a pedra e me dizem aonde o Orochi esta? - Terminei com a pergunta - Porque você não pode fazer nada, nós não fomos capazes de... - Simon não quis falar mas eu já imaginava que todos aqueles monges ficaram naquele estado tentando parar Orochi, passei a mão em meu cabelo e me aproximei colocando a mão alguns centímetros acima da mesa e deixando cair dela um de meus papeis em branco - Vamos, escreva o endereço. Eu vou procura-lo e acha-lo de um jeito ou de outro e você nunca gostou de mim, se eu falhar esta tudo bem para vocês, afinal vocês não me conhecem mais, certo? - Falei, afinal todos me renegaram dois anos atrás, eu não era mais Bellamy para eles e sim uma sombra do que eu já fui, Simon não disse nada, apenas escreveu no papel e abriu uma gaveta removendo a pedra, o processo de selamento era simples tocar a pedra na Reibi e dizer umas palavras magicas, após pegar tudo eu me virei e fui saindo do local até que escutei a voz de Mary me chamando - Você não deveria se arriscar por nós, a sua pena não pode ser retirada, nada que você fizer vai apagar o mal que você fez. - Falou convicta, eu não me virei apenas suspirei antes de falar - Palavras duras para uma garotinha que costumava chorar quando discutia comigo, mas você esta enganada, eu não quero desfazer nenhum mal, eu nunca quis mudar o passado o que esta feito, esta feito. E eu realmente não me importo, não mais, o único motivo de eu estar indo atrás de Orochi nesse momento é porque querendo ou não eu devo uma surra para esse velho e estou indo pagar. - e sai após me concluir, ao longe escutava a voz dos dois discutindo, mas isso não importava mais, eu tinha assuntos pessoais a tratar com Orochi.


Bell'
HP: 2000/2000
CK: 4500/4500
ST: 2450 - 350 - 350 - 100 = 1650/2450


Considerações:

• Velocidade: Rápida (15 m/s).
• Bellamy tem pele "branca" e possui um cabelo espesso e escuro, a maior parte do tempo seu cabelo esta desarrumado e parece que esta molhado, apesar de que é apenas uma ilusão criada pelo brilho e reflexo. Seus olhos são aparentemente negros, porém se olhar de perto pode se ver que na verdade são castanho escuro embora isso não faça diferença alguma. Bell é aparentemente forte fisicamente, possui seu peitoral malhado, porém o resto do corpo é comum.
Suas roupas tradicionalmente são uma blusa azul-cobalto, um sobretudo da akatsuki preto e um cinto grande em sua cintura onde ele guarda suas coisas, em suas costas esta sua Kumo no Ken.


Utilitarios:
Kumo no Ken:


Kumo no Ken
Rank: A
Estas espadas são carregadas por dois membros da vila da Nuvem, não se sabe o nome, por isso recebe o apelido de Kumo no Ken(Espada da Nuvem). Essa espadaé quase tão comprida quanto a Samehada(Pele de tubarão) de Kisame Hoshigaki ou a Zambatou(Fatiadora de cavalos) de Zabuza Momochi,mas não são tão grossas. Os ninjas que a usam(Omoi e sua parceira) demonstram ter exímia habilidade com elas sendo que na luta em que a usaram, uma parte foi lutada usando as espadas embainhadas, e mesmo assim desferindo danos.
Requisitos de uso: Jounin ou acima .
Pontos Extras: 200 stamina|100 chakra
Habilidade : Kenjutsus usando as duas espadas ou apenas uma sobem 1 rank (exceto kenjutsus rank SS) .
Armas Basicas:
15 Kunais
15 Shurikens
5 Fuuma Shurikens
20 Senbons
671 Kibaku Fuda
1 Bomba de Fumaça
1 Bomba de Luz
10 Makibishis
10 metros de Fios de Aço
1 Pergaminho



Última edição por Bell em Dom 13 Jul 2014, 03:12, editado 1 vez(es)



Beati Bellicosi
Ver perfil do usuário
avatar

Bell


Membro Akatsuki

Registro Ninja
HP HP:
3500/3500  (3500/3500)
Chakra Chakra:
3650/3650  (3650/3650)
Stamina Stamina:
1350/1350  (1350/1350)
Chapter 4 - A fool is always a fool.

N ão demorou muito para eu achar a trilha para a casa do Orochi, embora tenha levado um tempo para chegar na metade do caminho eu já podia ver o resultado do meu árduo trabalho, eu podia ver a mansão ao fundo, sua madeira negra e telhado podre, eu podia jurar que vi raios caindo do céu na casa mas como isso não era um clássico filme de terror continuei andando, mas parei logo em seguida ao som de palmas vindas de trás de mim - Bem,bem... Olha só quem o destino me trouxe, Bellamy Griffin. A quanto tempo? - Ao me virar vi Orochi, seus cabelos brancos caídos, a falta de uma blusa e sua calça branca eu realmente não entendia o que movia aquele homem, talvez ele fosse religioso de mais - Me reconheceu de costas? Nossa não sabia que eu era uma pessoa tão memorável, mas você esta diferente... Essa tatuagem no seu peito foi para se disfarçar? Porque não faz uma no rosto todo da próxima vez, ia me poupar de ver a sua cara... - Fui interrompido, pelo próprio Orochi - Minha cara feia? Hahahaha, por favor ainda faz as mesmas piadas sem graça para disfarçar sentimentos, estou intrigado a descobrir qual deles você esta sentindo agora, seria medo ? - Perguntou Orochi, e eu apenas sorri -  Ora, não seja tímido, vamos me conte o que veio fazer aqui? - Insistiu Orochi - Se esqueceu que eu estou te devendo uma surra? Mas fica tranquilo, eu só vou te empalar vivo em respeito aos velhos tempos. - Finalmente respondi - Tão corajoso, o que vai fazer quando perder para mim? Implorar para ouvir outra historia? - Falou Orochi, infelizmente para mim, o cara era realmente bom em ironias, então soltei a mochila que carregava em minhas costas, deixando-a cair no chão, pode-se ouvir o som de uma pedra dentro dela, talvez não tive-se sido uma boa ideia ir até ali com a pedra. - Oh, vejo que me trouxe um presente. - Disse Orochi - Você não cala a boca nunca? Suas palavras conseguem ser mais chatas e sem graças do que esse seu senso de moda, afinal, porque tanto branco? - Perguntei enquanto retirava a minha Kumo no Ken de minhas costas enquanto Orochi ria - Usar um manto preto não te da o direito de julgar alguém que só usa branco. De qualquer forma eu tenho uma surpresa para você. - Falou Orochi enquanto levantava as mãos e tecia o selo do tigre, reunindo chakra, eu sabia o que ele ia fazer, utilizar Ninjutsu, arregalei os olhos por um segundo e me perguntei quando ele aprendeu a utilizar ninjutsu, mas logo meu devaneio passou de qualquer forma eu não queria saber que jutsu ele iria utilizar então apenas coloquei a minha espada entre as suas mãos para que ele não pude-se realizar mas nenhum selo, dei uma leve piscada com o olho direito para Orochi - Queria me mostrar essa cara de bosta ai? - Falei, furioso Orochi saltou para trás, cortando a própria mão e investiu em uma corrida que terminou com um soco em meu rosto, cai para trás, o homem era rápido, girei meu corpo pro lado e com um salto me levantei, senti meu rosto dolorido não entendi como alguém tão rapido podia ter uma mão tão pesada, Orochi então parou na minha frente, levantou sua mão e fez o velho sinal de "vem", afastei minhas pernas e guardei a minha kumo no ken então puxei meus braços mais pra perto, abri minhas mãos em palmas e curvei meus dedos, levantei levemente os lábios mostrando a minha presa direita - Lembra dessa posição? - Perguntei a Orochi, essa era uma boa hora para provoca-lo - Sim, eu mesmo te ensinei, mas se pretende me parar com isso, desista. - Respondeu-me com seu sorriso no rosto, ah como ia ser bom encher a cara dele de porrada, corri rapidamente em sua direção e tentei golpeá-lo duas vezes no rosto ele logo saltou para trás e riu, porém eu não havia parado girei meu corpo e fechei a mão em um punho e o acertei em seu estomago, Orochi se curvou com o golpe e cuspiu um pouco de sangue no chão, perplexo não teve reação para fugir do meu soco, aproveitei seu momento de fragilidade e puxei novamente a minha espada e com um movimento rápido tento decapitar Orochi, mas como vilões não caem tão rápido como gostaríamos ele consegue se esquivar perdendo apenas uma parte de seu cabelo branco que cai lentamente no chão - Seu... como você conseguiu mudar o estilo tão rápido? - Perguntou Orochi furioso, - Uma velha moça chamada não é da sua conta me ensinou. - Respondi enquanto observava Orochi cada vez mais furioso, ele só queria ver meu sangue em suas mãos, e então partiu para cima de mim o mais rápido que pode, não pude acompanhar, foram vários socos, chutes todos em direção ao meu rosto, eu estava completamente atordoando quando ele voltou a fazer selos de mão e dessa vez os terminou, lançou três rajadas de vento em direção a minha face que se cortou e jorrou sangue, cai de joelhos no chão enquanto Orochi ria em minha frente, eu estava mais uma vez de joelhos para aquele homem, puis então um pé no chão apoiei ele de forma tremula e com todas as minhas forças me levantei, eu realmente odiava aquele homem, tudo que ele me fez fazer, tudo que ele era, ele merecia morrer, ele ia morrer. Andei cambaleante até Orochi e tentei soca-lo, estava tão lento que o homem simplesmente andou para o lado pois a mão em minha testa e me jogou para trás, fiquei ali no chão olhando as nuvens no ceu, enquanto sentia o gosto metálico do meu próprio sangue. - Esta na hora de morrer garoto. - Falou Orochi enquanto subia seu pé, eu podia ver sua sola na minha frente e então Orochi soltou a perna forçando-a junto com a gravidade para tentar esmagar minha cabeça, ele me viu sorrir no ultimo segundo, talvez porque minha cabeça tenha explodido em meio a papeis que grudaram no pé até o tornozelo de orochi, então meu corpo todo se desfez em papel e mais uma vez os papeis subiram nos pés de Orochi cobrindo toda a parte inferior do corpo do homem, então apareci em sua frente, por inteiro meu rosto cheio de machucados e meu corpo dolorido só deixavam o gosto da vitoria ainda mais saboroso na minha boca, então soquei o nariz de Orochi, ele parecia estar preso ao chão devido a pressão que os papeis faziam em seu corpo, ele só podia mexer o tronco e os braços e isso não era o suficiente para me parar, fiquei numa posição esquisita, que lembrava a garça sempre de forma calma e silenciosa, saltei dando um duplo giro enquanto acertava o rosto de Orochi duas vezes com meu calcanhar, apenas sua cabeça se mexeu, o chute foi tão forte que quase a removeu do lugar, e Orochi podia ouvir a minha risada enquanto eu ficava ali parado em sua frente, ele já não estava mais pensando, estava cego pelo ódio, socava meu corpo sem parar e como resposta meu  corpo se desfazia em meio a papeis que grudavam no corpo dele, Orochi só parou quando não podia mais mexer os braços cheios de papeis que pressionavam quase esmagando-os, então puis minha mão em todo o rosto de Orochi o jogando para trás o homem caiu no chão e a mão que estava em seu rosto começou a se desfazer em papeis grudando na face do homem - Pode falar, eu fiquei tão bom em lutas que você até ficou sem oxigênio, ou ainda vai ficar? - Falei, e comecei a gargalhar enquanto controlava os papeis para lentamente sufocarem o homem, quando o ultimo papel finalmente ia tampar a boca de Orochi o ouvi falar -Sebastian!- e então fui acertado na cabeça por uma tora de madeira, perdendo por completo a consciência...


Bell'
HP: 2000/2000
CK: 4500 - 350 =4150/4500
ST: 2450 - 350 - 350 - 100 = 1650/2450


Considerações:

• Velocidade: Rápida (15 m/s).
• Bellamy tem pele "branca" e possui um cabelo espesso e escuro, a maior parte do tempo seu cabelo esta desarrumado e parece que esta molhado, apesar de que é apenas uma ilusão criada pelo brilho e reflexo. Seus olhos são aparentemente negros, porém se olhar de perto pode se ver que na verdade são castanho escuro embora isso não faça diferença alguma. Bell é aparentemente forte fisicamente, possui seu peitoral malhado, porém o resto do corpo é comum.
Suas roupas tradicionalmente são uma blusa azul-cobalto, um sobretudo da akatsuki preto e um cinto grande em sua cintura onde ele guarda suas coisas, em suas costas esta sua Kumo no Ken.


Utilitarios:
Kumo no Ken:


Kumo no Ken
Rank: A
Estas espadas são carregadas por dois membros da vila da Nuvem, não se sabe o nome, por isso recebe o apelido de Kumo no Ken(Espada da Nuvem). Essa espadaé quase tão comprida quanto a Samehada(Pele de tubarão) de Kisame Hoshigaki ou a Zambatou(Fatiadora de cavalos) de Zabuza Momochi,mas não são tão grossas. Os ninjas que a usam(Omoi e sua parceira) demonstram ter exímia habilidade com elas sendo que na luta em que a usaram, uma parte foi lutada usando as espadas embainhadas, e mesmo assim desferindo danos.
Requisitos de uso: Jounin ou acima .
Pontos Extras: 200 stamina|100 chakra
Habilidade : Kenjutsus usando as duas espadas ou apenas uma sobem 1 rank (exceto kenjutsus rank SS) .
Armas Basicas:
15 Kunais
15 Shurikens
5 Fuuma Shurikens
20 Senbons
671 Kibaku Fuda
1 Bomba de Fumaça
1 Bomba de Luz
10 Makibishis
10 metros de Fios de Aço
1 Pergaminho
Jutsus:

Iaido
(Caminho Iai)
Quem Usa: Mifune
Rank: D
Primeira Aparição: Mangá 531
Descrição: Iaido é uma habilidade samurai onde ele usa a velocidade de embainhar e desembainhar a espada para colocá-la entre as mãos do oponente, impedindo assim que realize selos de mão. Por isso essa técnica torna ninjutsus cheirosos contra o usuário. Mifune é um mestre desse estilo, e usou-o para neutralizar os ninjutsus de Hanzou e depois vencê-lo.

Budda no Yashi - Tora
(Palma de Buda - Posição do Tigre)
Tipo: Taijutsu
Quem Usa: Bellamy Griffin e Ryoga Kaguya
Clã: - - -
Rank: A
Selos: - - -
Duração: 3 Posts.
Alcance: - - -
Função: Ataque.
Nota: Não pode ser utilizado para defesa.
Nota2: Aumenta em 3 m/s a velocidade do usuário mas somente a velocidade do ataque (A velocidade com que o resto do seu corpo se move não muda).
Nota3: Só é possível ficar na posição por 3 post's. Todo ataque realizado pelo usuário irá causar dano rank B. Ao fim de cada post será descontado a quantidade de um taijutsu rank A. Só se pode utilizar a posição uma vez por batalha.
Nota4: Não pode entrar em duas "posições" ao mesmo tempo, porém é possível cancelar uma "posição" e entrar em outra no mesmo post.
Descrição: É uma variação de Budda no Yashi, consiste em assumir a posição de um Tigre e copiar seus movimentos, a técnica tem como base ataques rápidos com a palma aberta e os dedos curvados simulando uma pata de um tigre. Sempre concentrando seu Chi e Chakra na palma.
Restrições: Utilizar Budda no Yashi.

Budda no Yashi - Kuma
(Palma de Buda - Posição do Urso)
Tipo: Taijutsu
Quem Usa: Bellamy Griffin e Ryoga Kaguya
Clã: - - -
Rank: A
Selos: - - -
Duração: 3 Posts.
Alcance: - - -
Função: Atacar.
Nota: Não pode ser utilizado para defesa.
Nota2: Diminui a velocidade do usuário em 3 m/s porém somente a velocidade do ataque (A velocidade com que o resto do seu corpo se move não muda)
Nota3: Só é possível ficar na posição por 3 post's. Todo ataque realizado pelo usuário irá causar dano rank B. Ao fim de cada post será descontado a quantidade de um taijutsu rank A. Só se pode utilizar a posição uma vez por batalha.
Nota4: Caso acerte um golpe na cabeça do oponente utilizando esta posição, ela irá causar atordoamento temporário de 2 post's e visão turva (embaçada) por 1 post.
Nota5: Não pode entrar em duas "posições" ao mesmo tempo, porém é possível cancelar uma posição e entrar em outra no mesmo post.
Descrição: É uma variação de Budda no Yashi, consiste em assumir a posição de um urso e copiar seus movimentos, esta técnica é caracterizada por ser uma das únicas em que se bate com os punhos cerrados e não se pode utilizar os pés, a técnica utiliza o Chi e o Chakra para forçar a musculação humana ao extremo deixando os ataques mais fortes e pesados, porém mais lentos.
Restrições: Utilizar Budda no Yashi.

Kami no Chissokushi
(Morte pelo Sufocamento de Papel)
Quem Usa: Konan
Rank: A
Descrição: Konan após usar o Shikigami no Mai cobre o corpo do inimigo por completo com seus papéis fazendo-o morrer por falta de ar.



Última edição por Bell em Dom 13 Jul 2014, 03:21, editado 1 vez(es)



Beati Bellicosi
Ver perfil do usuário
avatar

Bell


Membro Akatsuki

Registro Ninja
HP HP:
3500/3500  (3500/3500)
Chakra Chakra:
3650/3650  (3650/3650)
Stamina Stamina:
1350/1350  (1350/1350)
Chapter 5 - Where lies the memories?

A cordei novamente no mesmo fuuton de antes, escutando os mesmos gritos agonizantes no mesmo lugar de sempre, só que dessa vez era Mary que estava ao meu lado. - Pelo visto eu perdi, né? - Disse, olhando para a mulher ao meu lado que apenas suspirou - Onde esta Simon? - Insisti por uma resposta, qualquer resposta no momento eu só queria ouvir uma voz amiga, fechei os olhos e por um momento me vieram imagens de Break, Mun, Ryoga e até mesmo de Katy, me perguntei por um minuto porque eu deixei tudo aquilo para trás só para confraternizar novamente com pessoas que não queriam nem ver a minha sombra, embora eu não as culpa-se afinal eu era uma memoria viva de Tulipa - Ele esta na sala dele, se preparando para ir até Orochi, ele vai tentar para-los sozinho... Por favor... Por favor... o impeça, é a unica coisa que eu lhe peço, você me deve isso. - Disse Mary em meio a um choro, me levantei calmamente, eu deveria consola-lá? Deixar Simon morrer e ficar com a Mary para mim não era má ideia, afinal no que eu estava pensando? "Lembre-se Bellamy, lembre-se das palavras de Aemon... Se duvidar por um segundo do que te move, você já perdeu." pensei comigo enquanto me levantava, dessa vez eu estava vestido como antigamente, minha velha camisa azul-cobalto e meu colete de couro preto, com as faixas em X no meu peito, meu rosto ainda possuía machucados, mas estava bom assim. Tinha me esquecido completamente de Sebastian e esse talvez tive-se sido meu maior erro, já de pé fui saindo do local porém Mary me chama mais uma vez - Hey, para onde você esta indo? - Perguntou - Eu já não disse? Aquele velho vive me dando surras, e quando eu estou preste a pagar um imbecil me acerta pelas costas, agora eu devo uma surra pros dois. - Respondi sem me virar - Um lannister sempre paga as suas dividas? - Perguntou Mary, fazendo referência a um antigo livro que costumávamos ler juntos, - Eu não sou um Lannister... mas sim. - Respondi um pouco envergonhado e continuei minha caminhada  até que Mary me chamou de novo, porém dessa vez eu me virei perplexo - Hey Bell... - Depois de todos esses anos ela não se referiu mais a mim como você, ou como aquela pessoa. - Eu acho que sei porque você perdeu... você esta tentando fazer isso do modo errado. Faça isso como Bellamy e não como "Bell" ou  "O Rebelde de Konoha " Só tente fazer isso como... O meu Bellamy faria. - Concluiu Mary, sorri triste e abalado, ela já tinha percebido que eu não era mais o mesmo e não fazia questão de voltar a ser, eu queria agir como Aemon II e ser pacifico, eu queria agir como Orochi  e esconder quem é enquanto luta, mas eu nunca quis ser como Bellamy, o jovem rapaz que luta por diversão que é emoção e não pensamento, talvez ela tenha percebido antes de mim que não se pode mentir para si mesmo pra sempre - Apenas impeça Simon de sair, eu vou acabar com essa historia agora. - E então sai de lá, sem levar nada além do meu equipamento ninja, afinal a pedra certamente estava com Orochi.
Caminhei por muito tempo até chegar na entrada da mansão, assim que cheguei na porta a derrubei com um chute e adentrei no local - Orochi! Pronto pro Round 2? - Gritei assim que cheguei, pude ver uma sala cor vinho, com duas escadarias levando para o próximo andar, dois sofás cor de vinho e sentado em um deles estava Orochi se deliciando com uma taça de champanhe do outro lado bebendo da mesma bebida estava Sebastian, ambos pareciam tão civilizados que eu quase me juntei a eles - Hora do chã dos caras maus? - Perguntei ao vê-los, tentando disfarçar a minha risada, Orochi se levantou do sofá enquanto Sebastian permaneceu imóvel, ele me encarava sem dizer uma palavra enquanto em minhas costas papéis se juntavam para formar um belo par de asas - Eu realmente deveria ter te matado naquela trilha. - Falou finalmente - Eu nunca vou entender o porque vilões deixam os Heróis viverem para um segundo round. - Respondi, enquanto dava passos lentos para dentro do local - É porque não tem porque matar uma pulga agora se pode se livrar dela quando quiser, e agora infelizmente chegou a sua hora. -  Disse Orochi, porém ele não teve tempo de correr em minha direção como fazia, eu já estava em sua frente, sorrindo - BU! - Falei enquanto rapidamente lhe aplicava um soco no rosto, o fazendo voar longe enquanto girava no ar, ele ainda não estava acostumado a minha velocidade com as asas, então utilizei isso como uma vantagem, mas ele estava sorrindo enquanto girava no ar, sem motivo algum ou porque sabia que teria uma boa batalha se aproximando, o homem então enquanto girava no ar disparou três rajadas de vento em minha direção visando o meu rosto cheio de curativos, com as asas me esquivei de dois deles e o ultimo pegou no meio da asa direita a partindo no meio, pude ver a felicidade no rosto de Orochi, pena que ela duraria pouco, a asa começou a se refazer enquanto eu lancei uma rajada de raio que tomou a forma de um cão e seguiu em disparada para acertar Orochi agora caído no chão entre o inicio das duas escadarias, enquanto o cachorro ia em direção ao homem lancei três kunais em direção ao mesmo, então Orochi apenas bloqueou o cachorro como se ele fosse um filhotinho, sem se importar com os danos do choque, embora ele não tive-se velocidade para escapar das três kunais que acertaram todas no ante-braço que ele usou para bloquear o cachorro elétrico, ele gritou em meio a dor e eu andei calmo e sorridente até ele, poderia parecer uma surpresa para os dois ali presente o fato de o tempo todo eu estar brincando com o homem, mas antes que eu pude-se fazer algo contra um Orochi indefeso Sebastian surge de forma selvagem em minha frente e tenta me dar um soco no centro de minha testa, o soco foi parado por Simon que surgiu como um raio, fiquei surpreso em ver ele ali, Mary tinha força suficiente para subjulga-lo - O que esta esperando? Vá selar o Reibi. -  Disse Mary que estava escorada no portal da mansão - Mas e o Orochi? - perguntei para Mary e mas uma vez o casal utilizou a técnica nojenta de responder pelo outro - Cuidamos dos dois, o mais importante agora é selar o Reibi. - Ao ouvir as palavras de Simon corri escadaria acima enquanto ambos iniciavam uma luta épica, talvez nem tão épica assim afinal eu não estava nela, cheguei rapidamente ao quarto onde Reibe estava trancafiado em uma caixa de vidro ligada a um maquinário, a pedra estava do lado - Fácil de mais. - Falei pegando a pedra, e então me ocorreu, e se eu selar o Reibi em mim? Me tornar um Jinchuriki não era má ideia, poderia controlar idiotas como o Orochi e Sebastian, então senti um calafrio passar por todo meu corpo e olhei para o ser aprisionado ali dentro, ele estava sorrindo diabolicamente, e eu sorri de volta, segurando a pedra a levantei bem em cima da caixa de vidro - NÃO... - então abaixei a pedra espatifando e libertando a criatura - QUESTIONEEE! - Fiquei tão empolgado que esqueci que as palavras de selamento não eram essas, e então a criatura fugiu pela janela aberta, sem qualquer reação a não ser olhar para criatura fugindo e depois para a pedra varias vezes eu dou de ombros e digo convicto - Selado! - estava tão perplexo e tentando me convencer do fato que era melhor não sela-lo para proteger os outros (Só queria me convencer que não fiz merda) não percebi que Orochi surgiu atrás de mim e me golpeou, meu rosto foi em direção as cacos e se cortou, girei meu corpo e chutei Orochi para longe - Cara essa é a segunda vez, você esta depredando o meu ganha pão - brinquei, afinal eu libertei a criatura da maquina, os monges estavam salvos - O QUE VOCÊ FEZ? EU VOU MATAR TODOS VOCÊS! AAAAAAAAAAAAH - Gritou Orochi, enlouquecido com ódio com um simples desembainhar e embainhar de minha espada cortei seu tronco na diagonal e o fiz gritar de dor, eu ainda estava com minhas asas, ainda era mais rápido que o normal e Orochi ainda não tinha se acostumado, mas restava uma pergunta no final de tudo, se Orochi estava aqui, onde estavam Mary e Simon? - AAAAAAAAH SIMON, SIMON ME RESPONDA, SIMON! - Pro meu azar escutei Mary gritar varias vezes o nome de Simon enquanto ouvia Sebastian gargalhar, olhei para Orochi, ele estava de joelhos tentando se levantar, puis minha mão no chão do quarto e me concentrei, vários papeis saíram de meu corpo e começaram a subir aos céus fiquei lá enquanto Orochi se levantava olhando para mim furioso, só removi minha mão do chão quando levei um chute no rosto e voei mais uma vez em direção aos estilhaços - Tarde demais... - Falei enquanto voava pela janela sorrindo, o papel estava começando a cair e cobrir o chão ao longe eu podia ver os que eram e os que não eram papeis bomba, entrei pela janela da sala já pegando o corpo de Simon inconsciente em meu colo, parei no ar enquanto batia minhas asas - MARY VAMOS! - Disse, e como se Mary soube-se o que ia acontecer a mulher saiu em disparada da casa e fui atrás dela de longe foi possível todos ouvirem a voz de Sebastian - VOCÊ PENSA QUE GANHOU PORQUE SOMOS VILÕES E VOCÊ É O HERÓI? NUNCA SE ESQUEÇA VOCÊ TAMBÉM É UM VILÃO E VILÕES, NUNCA TERÃO UM FINAL FELIZ!! - E então pode-se ouvir a casa inteira explodindo em meio a papeis, eu havia utilizado meu hijutsu para acabar com tudo que Orochi possuía, não dei muita importância apesar de perceber o soluçar e a excitação de Mary na hora de correr para fora dali, talvez ela tenha se lembrado de Tulipa, mas isso não importava mais, sem dizer uma palavra um ao outro fizemos nosso caminho de volta ao templo onde Aemon II nos esperava bem em frente dele.

Bell'
HP: 2000/2000
CK: 4150 - 350 - 350  - 750 = 2700/4500
ST: 1650/2450


Considerações:

• Velocidade: Rápida (15 m/s).
• Bellamy tem pele "branca" e possui um cabelo espesso e escuro, a maior parte do tempo seu cabelo esta desarrumado e parece que esta molhado, apesar de que é apenas uma ilusão criada pelo brilho e reflexo. Seus olhos são aparentemente negros, porém se olhar de perto pode se ver que na verdade são castanho escuro embora isso não faça diferença alguma. Bell é aparentemente forte fisicamente, possui seu peitoral malhado, porém o resto do corpo é comum.
Suas roupas tradicionalmente são uma blusa azul-cobalto, um sobretudo da akatsuki preto e um cinto grande em sua cintura onde ele guarda suas coisas, em suas costas esta sua Kumo no Ken.


Utilitarios:
Kumo no Ken:


Kumo no Ken
Rank: A
Estas espadas são carregadas por dois membros da vila da Nuvem, não se sabe o nome, por isso recebe o apelido de Kumo no Ken(Espada da Nuvem). Essa espadaé quase tão comprida quanto a Samehada(Pele de tubarão) de Kisame Hoshigaki ou a Zambatou(Fatiadora de cavalos) de Zabuza Momochi,mas não são tão grossas. Os ninjas que a usam(Omoi e sua parceira) demonstram ter exímia habilidade com elas sendo que na luta em que a usaram, uma parte foi lutada usando as espadas embainhadas, e mesmo assim desferindo danos.
Requisitos de uso: Jounin ou acima .
Pontos Extras: 200 stamina|100 chakra
Habilidade : Kenjutsus usando as duas espadas ou apenas uma sobem 1 rank (exceto kenjutsus rank SS) .
Armas Basicas:
15 -3 = 12 Kunais
15 Shurikens
5 Fuuma Shurikens
20 Senbons
671 Kibaku Fuda
1 Bomba de Fumaça
1 Bomba de Luz
10 Makibishis
10 metros de Fios de Aço
1 Pergaminho
Jutsus:

Kami no Tsubasa
(Asas de Papel)
Quem Usa: Konan
Rank: A
Descrição: Konan usando o Origami no Jutsu, cria asas de papel para poder flutuar e usar outras técnicas mais seguramente. É normalmente usado em conjunto com o Shikigami no Mai.

Hijutsu: Kami no Shisha no Jutsu
(Jutsu Secreto: Técnica do Oceano de Papel)
Quem usa: Konan
Rank: SS
Nota: É um Hijutsu e um Kinjutsu.
Nota ²: Tobi/Madara só foi capaz de sobreviver ao golpe por ter usado o Izanagi.
Descrição: Konan usando o Origami no Jutsu, reveste um oceano com papéis com símbolos explosivos anormais e o transforma em um oceano de papel sem que o inimigo perceba.Logo depois quando a mesma quer ela abre o oceano feito de papel ou revestido com o mesmo e faz o inimigo cair em um enorme local aparentemente sem fundo como se fosse um abismo.E depois ela fecha o oceano esmagando o inimigo.É uma técnica poderosa de morte fatal.Caso o inimigo escape ela pode explodir os bilhões de papéis que estão na técnica dando 10 minutos consecutivos de explosão.

Raiton - Raijuu Hashiri no Jutsu
(Elemento Trovão - Técnica do Canino Relâmpago)
Quem Usa: Hatake Kakashi, Minato Namikaze
Rank: A
Nota: Quanto maior o chakra usado, maior o canino fica.
Primeira Aparição: Capítulo 423 Mangá
Descrição: O usuário cria um cão elétrico que ele guia com sua mão direita a um ataque rápido e feroz.



Beati Bellicosi
Ver perfil do usuário
avatar

Bell


Membro Akatsuki

Registro Ninja
HP HP:
3500/3500  (3500/3500)
Chakra Chakra:
3650/3650  (3650/3650)
Stamina Stamina:
1350/1350  (1350/1350)
Chapter 6 - Villains do not get happy endings

O tempo passou, todos estavam bem, muitos não quiseram me cumprimentar, muitos escolheram ter Simon e Mary como seus salvadores, embora Mary tenha contado a historia como ela foi e Simon nem tenha acordado definitivamente ainda, apenas abria os olhos e voltava a dormir, você também pode dizer que eu não salvei ninguém, ou pode achar que fui um Herói mas a verdade é que eu ainda tinha sido banido do Templo e devia enfrentar meus pecados sozinho. Dois dias se passaram desde a explosão da mansão de Orochi, e eu estava na sala do líder do templo, não Simon e sim o verdadeiro, Aemon II.
- E então velho, já posso ir? - Perguntei, estávamos tomando chá em um silencio nada agradável - Você sabe porque eu o bani do templo, Bellamy? - Perguntou Aemon - Porque eu... - Não consegui responder, não queria responder. - Não foi por causa de Tulipa, a morte dela foi inteiramente minha culpa, eu falhei com você, eu falhei com Tulipa e falhei com Simon, eu deveria ter parado aquela luta, mas não o fiz e Tulipa que o amou como um irmão mas velho, mais até que me amava ou amava Emma e Mary temeu por você e morreu por você. Mas não foi por ela que eu te bani desse lugar. - Discursou o velho, não que eu fosse puxa-saco mas eu realmente apreciava os discursos de Aemon II - Eu te bani porque eu não queria falhar com você outra vez, eu não queria te obrigar a se desculpar com todos. Você nunca ira atingir o nirvana, nunca sera um budista, mesmo que conheça todas as verdades desse mundo, mesmo que todos conheçam, algumas pessoas são feitas de sentimentos, de puro coração, mesmo elas sabendo que o mundo só causa sofrimento elas não vão se afastar porque o mundo é um pertence delas, assim como elas são do mundo. Eu não quero que você se torture, pensando que esta errado em lutar, você me salvou lutando, e é lutando que faz a maioria das coisas corretas... Bellamy o que eu quero dizer é que não há problema em machucar as pessoas em sua volta se você realmente acredita que o que você esta fazendo é o certo. - Terminou, e bebeu um gole do seu chá então eu me levantei e me curvei - Você sempre será meu mestre... - Disse, e vi Aemon sorrir enquanto fazia um gesto com a mão para eu sair, eu já deveria estar a caminho da Akatsuki a dias então atendi a seu pedido e me retirei do local.
 Lá estava eu saindo do lugar, com meu manto negro da akatsuki e uma mochila aonde estavam minhas roupas antigas, bati de leve na bolsa ninja que eu carregava na coxa e escutei o leve tilintar de moedas, e sorri pensando como era estupido ter um cofre aberto a qualquer um em um templo, SIM eu furtei o templo Shaolim e estou muito bem com isso, eu passei um certo tempo fora e merecia a minha recompensa e não é como se eles usassem o dinheiro pra algo além de comida e roupas, antes de eu partir eu pude ouvir uma voz conhecida gritando meu nome, apenas virei a cabeça e vi Mary correndo em minha direção, não me virei, afinal eu odiava despedidas melosas, Mary ao chegar me abraçou e eu senti o calor de seu corpo em minhas costas, seu rosto apoiado em meu ombro me lembrava do passado - Bellamy, antes de você ir eu quero lhe fazer uma pergunta. - Disse ela enquanto me apertava mais forte e uma lagrima escorria lentamente de seu rosto - Diga, Mary. - Falei, talvez ela não fosse perguntar se eu disse-se que não ou provavelmente ia eu já não me importava mais - Por que você fez aquilo? Por que você buscou mais poder quando sabia que mesmo perdendo aquela luta eu iria escolher você, que não me tratou como um prêmio e tentou me conquistar pelo coração... Eu realmente... gostava de você Bellamy, tem alguma explicação para escolher  o exílio após uma vitoria do que ter uma família após uma derrota? - Então eu me lembrei de Break, eu a deixei em Konoha tudo porque eu não queria viver mais lá, tudo porque eu estava feliz de mais, e eu não posso aceitar ter uma família ou ser feliz em um futuro onde Olíva não esta nele. - Porque... eu sou um vilão esqueceu? Vilões não tem finais felizes. - Disse e continuei caminhando Mary me soltou, percebi que ela não tinha aceitado muito bem a resposta, mas era isso que ela precisava ouvir, para que me odeie por causa de Tulipa, escutei um pequeno adeus, vindo de Emma, que estava agora ao lado de Mary me observando partir.
Agora eu estava voltando para a Akatsuki, com meus ideais, com minhas novas esperanças e novos caminhos a seguir, agora eu realmente queria ser membro da Akatsuki e não havia nada na minha consciência para impedir.

Bell'
HP: 2000/2000
CK: 2700/4500
ST: 1650/2450


Considerações:

• Velocidade: Rápida (15 m/s).
• Bellamy tem pele "branca" e possui um cabelo espesso e escuro, a maior parte do tempo seu cabelo esta desarrumado e parece que esta molhado, apesar de que é apenas uma ilusão criada pelo brilho e reflexo. Seus olhos são aparentemente negros, porém se olhar de perto pode se ver que na verdade são castanho escuro embora isso não faça diferença alguma. Bell é aparentemente forte fisicamente, possui seu peitoral malhado, porém o resto do corpo é comum.
Suas roupas tradicionalmente são uma blusa azul-cobalto, um sobretudo da akatsuki preto e um cinto grande em sua cintura onde ele guarda suas coisas, em suas costas esta sua Kumo no Ken.


Utilitarios:
Kumo no Ken:


Kumo no Ken
Rank: A
Estas espadas são carregadas por dois membros da vila da Nuvem, não se sabe o nome, por isso recebe o apelido de Kumo no Ken(Espada da Nuvem). Essa espadaé quase tão comprida quanto a Samehada(Pele de tubarão) de Kisame Hoshigaki ou a Zambatou(Fatiadora de cavalos) de Zabuza Momochi,mas não são tão grossas. Os ninjas que a usam(Omoi e sua parceira) demonstram ter exímia habilidade com elas sendo que na luta em que a usaram, uma parte foi lutada usando as espadas embainhadas, e mesmo assim desferindo danos.
Requisitos de uso: Jounin ou acima .
Pontos Extras: 200 stamina|100 chakra
Habilidade : Kenjutsus usando as duas espadas ou apenas uma sobem 1 rank (exceto kenjutsus rank SS) .
Armas Basicas:
15 -3 = 12 Kunais
15 Shurikens
5 Fuuma Shurikens
20 Senbons
671 Kibaku Fuda
1 Bomba de Fumaça
1 Bomba de Luz
10 Makibishis
10 metros de Fios de Aço
1 Pergaminho



Beati Bellicosi
Ver perfil do usuário
avatar

Bell


Membro Akatsuki

Registro Ninja
HP HP:
3500/3500  (3500/3500)
Chakra Chakra:
3650/3650  (3650/3650)
Stamina Stamina:
1350/1350  (1350/1350)
FIM



Bem, explicações. Como sou Nukenin e o Shadow disse para eu fazer minha missão sozinho então ai esta, vou postar rank e descrição pra não ficar feio, embora eu tenha feito ela mais como uma aventura rank S e não uma missão '-'
Descrição:

O Chakra da Besta
Rank: S
Descrição: Fomos informados que um chakra parecido com a de um Bijuu esta brotando do antigo templo Shaolim localizado próximo ao pais do fogo, vá até lá e verifique o que esta acontecendo.

Como eu não queria que o ryou brota-se do nada, eu furtei o templo. Sim furtei, pelo bem da RP u.u Então quanto eu ganhar pela aventura fica sendo o valor furtado ^^ (Deixei o valor em aberto, sem revela-lo, apenas dizendo que furtei.)
Obrigado por ler ~^.



Beati Bellicosi
Ver perfil do usuário
avatar

Coveiro


Membro Akatsuki

Registro Ninja
HP HP:
0/0  (0/0)
Chakra Chakra:
0/0  (0/0)
Stamina Stamina:
0/0  (0/0)
XP = 50xp Mizo o/


Recompensa = 8500 k



Ficha na Gif :B

Jutsus na Gif :B
Ver perfil do usuário

Conteúdo patrocinado


Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum